08 . out . 2020

O PROCESSO DE ENVELHECIMENTO 

O Envelhecimento pode ser definido como o decréscimo progressivo no funcionamento máximo e na capacidade de reserva de todos os órgãos, incluindo a pele. Uma célula da pele, como o fibroblasto por exemplo, a partir de 30 anos, começa a reduzir a produção de colágeno e o corpo vai perdendo a capacidade de substituí-la por uma célula nova. O acúmulo de radicais livres, produzidos normalmente pelo funcionamento das células, vai aumentando e provocando a morte celular, o que faz parte do processo interno de envelhecimento, também chamado de Envelhecimento Intrínseco. Isso vai acontecendo com as células de todos os órgãos, incluindo os ossos, a gordura, os neurônios, as células da epiderme, etc. 

Fatores ambientais, como a radiação ultravioleta, poluição, cigarro, álcool, são responsáveis pelo chamado Envelhecimento Extrínseco, acelera e potencializa o processo de envelhecimento intrínseco que acontece na pele e no corpo. 

Por meio de estudos desenvolvidos durante os últimos 20 anos, a ciência tem nos trazido novas informações sobre a forma como ocorre o processo de envelhecimento da pele e do corpo.  Hoje, sabemos que envelhecemos camada por camada (ou “layer-by-layer”), da epiderme, passando pela derme onde fica o colágeno, pelos coxins adiposos que dão forma e sustentação, pelos músculos que formam rugas de expressão até o osso de sustenta. E essa descoberta tem levado a mudanças revolucionárias nos tratamentos para o rejuvenescimento. 

Assim, o entendimento de que uma ruga é formada por processos que ocorrem em todas essas camadas nos fez mudar a abordagem do tratamento: nos últimos anos, ao invés de tratar uma ruga, buscamos tratar A CAUSA da ruga. E já sabemos que tratar camada a camada promove mais naturalidade e resultados ainda mais satisfatórios e duradouros.

Outra descoberta a partir desses novos estudos foi: cada um tem um padrão diferente de perdas e mudanças no corpo e na pele. Isso reforça nosso princípio de estabelecer protocolos individualizados, de acordo com as características e necessidades de cada um. 

Mais uma informação importante, advinda das pesquisas, é que: além de tratar, podemos (e devemos! ) PREVENIR. Para os que sempre nos perguntam quando começamos a envelhecer a resposta é: no dia em que nascemos! Por isso, quanto mais rápido iniciarmos os cuidados com a pele e com a saúde, mais bem estar consigo mesmo(a) e tratamentos menos agressivos serão necessários no futuro.

Trabalhamos para que você possa se sentir satisfeito consigo mesma(o) e que entenda o seu processo de envelhecimento como parte de um presente que é VIVER. Independente de quantos anos você tenha, você pode fazer algo agora, para que o futuro da sua pele seja melhor. E nosso principal objetivo é que, além de ter elogios dos outros, você possa se olhar no espelho e dizer: “Estou me sentindo tão bem! “ 

 

Compartilhar este post:

contato

Marque sua consulta
ou entre em contato